Assista o programa Dimensão Espírita. Todas as segundas e quartas-feiras às 19h30YouTube

publicado em 20/12/2016

Vaidade

Não permitas que a vaidade ocupe espaço em teu coração. Recorda que tudo passa e teu corpo, que hoje pode ser esbelto, também passará. Os bens materiais que possuis, terás de deixá-los, porque não poderás levá-los contigo após a morte de teu físico.

A função que hoje ocupas e pensas que será para sempre, no futuro terás de deixá-la e todos aqueles que te rodeiam se esquecerão de ti.

A vaidade é opositora da humildade. Corrói lentamente tua alma e é sempre uma pedra de tropeço para o avanço de tua alma.

Por mais importante que penses ser, por mais belo que seja teu exterior e por mais alta que seja a hierarquia que ocupas no teu trabalho, sabe que todos são efêmeros.

Sê humilde, jamais permitas que a vaidade venha distanciar-te de Deus. Ele não te reconhecerá pelos teus títulos ou pelo teu exterior, mas sim pela tua humildade e pela beleza interior de tua alma.

Deus, sendo Todo Poderoso e Criador de todas as coisas, jamais apareceu para se ostentar. Jesus, sendo o maior Espírito que habitou a Terra, nasceu em uma estrebaria e foi colocado dentro de uma manjedoura para mostrar Sua humildade. És, por ventura, maior ou mais importante que Jesus?

Sê humilde, porque não podes tornar um só fio de teu cabelo branco ou preto (Mateus, cap V, v 36)

Pelo espírito Sírius

Mensagem psicografada por José Alves de Sousa

Registre seu e-mail para receber novas mensagens.

As mensagens divulgadas aqui e muitas outras você pode encontrar
nas obras da Editora GW Publicações
Visite o site