Mensagem

Publicado há 4 meses

Não te torture

Há um adágio que diz: Recordar o passado é sofrer duas vezes.
Vimos dizer que tuas recordações advindas somente lhe causarão sofrimento e ainda poderão alimentar tua alma para cometer os mesmos delitos anteriores, como se vingar daqueles que te proporcionaram o mal ou a derrota.
Saiba que nada, que nenhum acontecimento chega a ti sem que Deus perceba.
Em uma das hipóteses foste tu que causastes os desastres dos dias coevos. Em outra, estás saldando na mesma moeda o que causastes ao teu próximo em vidas pretéritas.
Não te tortures com recordações que te causaram aflição. Procure esquecê-las e siga sempre em frente.
Saiba que no juízo de tua própria alma a justiça Divina não irá julgar o que fostes no passado, mas sim o que és no presente e o bem que fizeres ao teu próximo, amando o incondicionalmente.
“Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados.” (Iª Pedro, Cap. IV v.8)
Por que te torturas? Se não conseguistes o que almejava, recomece sempre com o pensamento voltado para o teu sucesso. Esqueça o passado, viva o presente, mas viva do melhor modo que te for possível.
Observe que o tempo passa célere, se não te cuidares enquanto tens a oportunidade, no amanhã poderá ser tardio.
Não perca o teu precioso tempo relembrando o que jamais irá voltar em tua vida, sejam bons ou maus momentos. Ao invés viva o presente, viva com otimismo e sempre ligado a Deus e a Jesus.
O melhor ou pior dia de tua vida não foi no passado, mas sim no hoje.
O que passou é obvio que é passado e jamais voltará. Mas saiba que o teu futuro, seja bom ou ruim, dependerá do dia presente.
Disse ainda Jesus: “Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?
Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.
E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?” (Lucas, Cap. XII vv.26 a 28)
Não te torture, viva o presente e faça o melhor que te for possível.
Somente agindo desse modo é que conseguirá libertar-te e caminhar seguro na longa jornada da vida carnal, e com toda certeza será um vencedor na verdadeira vida que é a do espírito.


Pelo espírito Gema Casasanta
psicografado pelo médium José Alves de Sousa


Temas relacionados: preocupação presente

Gostaria de receber as mensagens?

Se inscreva, e receba sempre uma nova mensagem no seu email.