Mensagem

Publicado há 3 meses

O princípio do fim

"Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos Céus sofre violência, e violentos se apoderam dele. Porque todos os profetas bem como a Lei profetizaram, até João. E se quiserdes dar crédito , ele é o Elias que deve vir. Quem tem ouvidos, ouça!

A quem compararei esta geração? Ela é como crianças sentadas nas praças, a desafiarem-se mutuamente:

'Nós vos tocamos flauta e não dançastes! Entoamos lamentações e não bateis no peito!'

Com efeito, veio João, que não come nem bebe, e dizem: 'Um demônio está nele'. Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: 'Eis aí um glutão e beberrão, amigo de publicanos e pecadores'. Mas a sabedoria foi justificada pelas suas obras" (Mateus Cap. XI vv.12 a 19)

A preocupação dos homens da Terra está tão voltada para os bens materiais que não conseguem enxergar que o fim dos tempos já chegou.

Com toda certeza tu te alarmas com as catástrofes naturais e as provocadas pela displicência do homem. São milhares de irmãos teus que perecem diuturnamente. Muitos deles perdem absolutamente tudo não lhe restando onde reclinar a cabeça. a cada dia a fome espalha e dilacera incontáveis irmãos teus. As epidemias a séculos extintas voltam e dilaceram incontáveis vidas.

Tu te alarmas, porém não te preocupas que tais sinais são o princípio do fim.

Não te preocupas em dirigir uma prece aos sofredores porque as catástrofes não atingiram a ti. Não voltas um tanto mais teu pensamento ao Criador de todas as coisas pedindo clemência para aqueles que pensam somente nos bens materiais não se importando quantos possam perecer.

Procura modificar o teu estado vibratório e ora um tanto mais por aqueles que sofrem e por todos os que são instrumentos causadores da dor.

Desperta-te. Conscientiza-te que o fim dos tempos já chegara. Tu podes fazer algo mais modificando teu estado vibratório.

Observe que mortes em massa estão dilacerando almas, que espíritos envolvidos no mal tem obsidiado jovens para tirarem suas vidas em números consideráveis. Observe ainda que o amor dos homens da crosta terrestre está esfriando a cada dia.

Procura não te igualares a eles, seja sensato, tenha um tanto mais de fé, trabalhe um tanto mais utilizando dos dons que Deus te confiou e auxilie através da prece todos os que perecem, porque não sabes se no amanhã possa ser tu que venhas necessitar de preces e de compaixão.

"E pelo crescimento da iniquidade, o amor de muitos esfriará." (Mateus Cap. XXIV v.12)


Pelo espírito Minerva
psicografado pelo médium José Alves de Sousa


Temas relacionados: atitude catástrofes indiferença

Gostaria de receber as mensagens?

Se inscreva, e receba sempre uma nova mensagem no seu email.